A Relíquia segundo Marcatti

Relíquia MarcattiFrancisco Marcatti Júnior (nome artístico: Marcatti) é um cartoonista brasileiro (n. em Sâo Paulo, em 1962), representativo de uma banda desenhada com tendência marginal, subversiva e provocatória,  cultivando um estilo acentuadamente expressionista (ver http://marcattihq.blogspot.pt/ ). Marcatti publicou em várias revistas brasileiras identificadas com aquela orientação, designadamente Chiclete com Banana e Casseta & Planeta; nos últimos anos,  dedicou-se ao romance gráfico (graphic novel), um género da banda desenhada que pode ser considerado homólogo do romance literário. No romance gráfico, uma história com a dimensão e com a complexidade estrutural que usualmente encontramos no romance, desenvolve, em banda desenhada, uma ação relativamente longa, cultivando  uma dinâmica narrativa similar à daquele grande género.

No caso d’A Relíquia de Eça de Queirós, Marcatti leva a cabo  uma remediação daquele relato queirosiano: na sequência de uma primeira representação – aquela que Eça de Queirós levou a cabo, quando compôs A Relíquia como romance crítico e satírico dos costumes clericais e devocionais do Portugal oitocentista –, Marcatti procedeu a uma representação da representação. Para isso, recorreu ao suporte, à linguagem e à lógica narrativa da banda desenhada, alargada à dimensão do romance gráfico.

Relíquia Marcatti2

Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: